Menu WhatsApp (65) 98402-4668 Contato

Como encaminhar material para exames

Conforme a RESOLUÇÃO DA DIRETORIA COLEGIADA DA ANVISA
– RDC nº 20 de 10 de abril de 2014 –
Os cuidados para uma adequada análise de material coletado de pacientes iniciam-se no momento da coleta da biópsia. Para segurança do paciente e total êxito dos exames é imprescindível a correta identificação do material coletado - a amostra, com alguns elementos de fundamental importância como: identificação do paciente, origem da amostra (parte do corpo), data da coleta e, adicionar informações clínicas pertinentes ao auxílio diagnóstico do patologista. Cuidados com a amostra tecidual em si também são essenciais: evitar apertar, espremer ou manipular em demasia o material, utilizar frasco de acondicionamento compatíveis, garantir adequada e segura logística de transporte e manuseio.
Uma das fases mais importantes após a coleta é a fixação do material, que impede a deterioração do mesmo, permitindo sua análise em prazo mais estendido. Existem diversos protocolos de fixação e tipos de fixadores citados na literatura técnica, porém, nenhum desses procedimentos de fixação é reconhecido como perfeito. Dentre os fixadores aldeídos, o formaldeído comercial é o mais usado na rotina devido ao seu baixo custo financeiro, além de ser de fácil preparo e manuseio. O ideal é que se entre em contato com o laboratório de patologia de destino para averiguação de qual o melhor método de fixação, acondicionamento, transporte e identificação deve ser escolhido. Dessa maneira, um técnico em histologia e/ ou patologista podem informar exatamente qual a melhor técnica de fixação a ser empregada para cada caso e pode auxiliar a estruturar a logística do processo como um todo, de maneira que nenhuma amostra coletada seja desprezada ou não aproveitada por manejo incorreto. 
O CPC envia a todos os seus médicos e hospitais parceiros, sem custos adicionais, embalagens adequadas a cada tipo de peça anatômica a ser acondicionada, bem como a solução de formaldeído diluída na proporção adequada - 10%, conforme preconiza a RDC pertinente ao tema.
Mais detalhes, podem ser obtidos na redação integral da respectiva RDC, no link abaixo:
http://portal.anvisa.gov.br/documents/10181/2867956/%283%29RDC_20_2014_COMP.pdf/97339545-0217-4834-9b04-15b4b5a6f82b
 

Endereço

Praça do Seminário, nº 229 - Cuiabá - MT

(65) 3624-4452, 3623-5959 ou 3623-5875 (Matriz)
(65) 3624-5754, 3051-3150 (Unidade Jardim Cuiabá)

Redes Sociais

e-box - Sitevip InternetSitevip Internet